Goiânia, sexta, 17 de novembro de 2017
11/05/16 172922 visualizações

Oficial: Marconi autoriza HDT a fechar UTIs para reduzir custos



Foto: Divulgação

Já é praticamente oficial o que todos temiam: o Instituto Sócrates Guanaes (ISG), Organização Social que administra o Hospital de Doenças Tropicais (HDT) desde junho de 2012, vai fechar todas as UTIs do hospital, pois representam “gastos” excessivos. Além de simplesmente fechar a UTI Pediátrica da unidade, a OS tem autorização do governador Marconi Perillo (PSDB) para terceirizar a UTI e a Emergência da unidade. A medida prevê ainda a transferência de médicos concursados.

A intenção foi comunicada aos médicos do hospital, que estão revoltados com a mudança, segundo reportagem de hoje de O Popular. Só na semana passada 23 servidores teriam sido transferidos para outros órgãos estaduais e o departamento administrativo foi todo terceirizado. Ou seja: até o que já é terceirizado está sendo sub-terceirizado.

O corpo médico do HDT é composto em 70% de médicos efetivos. Os profissionais são de duas áreas médicas em que o hospital é referência no País: doenças infecciosas e dermatológicas. A intenção do hospital, cortando custos, é trocar as equipes por médicos emergencistas.

O fechamento da UTI Pediátrica, que já está com dois dos seis leitos desativados, será uma derrota da sociedade. Para a obra de ampliação, que teve início em abril de 2013 e deveria ser entregue em 360 dias, o governo repassou R$ 2,3 milhões ao ISG entre novembro de 2013 e fevereiro de 2014.

Leia mais na matéria de hoje de O Popular clicando aqui

 

Saiba mais: Gestão Marconi fecha leitos e deixa 95% das cidades sem UTIs 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias