Goiânia, terça, 17 de janeiro de 2017
18/12/16 29801 visualizações

Marconi gastará com Gusttavo Lima mais de R$ 1,5 milhão



Foto: Divulgação

Ano passado, no último réveillon, o Brasil inteiro já havia se escandalizado com o fato do governador Marconi Perillo (PSDB) ter contratado com dinheiro público o show Cabaré, dos cantores Leonardo e Eduardo Costa, por R$ 850 mil. Agora, para piorar, o réveillon deste ano será ainda mais caro. Será com o cantor sertanejo Gusttavo Lima (com dispensa de licitação). O valor? R$ 1 milhão.

Nada mal para quem está cortando na carne dos servidores para pagar as contas do governo. O que poucos, no entanto, sabem é que no R$ 1 milhão não estão incluídos gastos com aluguel e montagem de palco e equipamentos, nem com a queima de fogos durante 25 minutos, que ocorrerá no estacionamento do Estádio Serra Dourada. A licitação para estes gastos deve aumentar o gasto do show em aproximadamente R$ 500 mil. A nova licitação ocorrerá em três etapas dia 26 de dezembro, segundo o Diário Oficial do Estado (veja na foto desta matéria). Portanto, cinco dias antes do show.

“É um escândalo pagar cachês tão altos num momento de crise. Ou o Estado está em crise ou não está", critica o deputado estadual José Nelto, líder do PMDB na Assembleia Legislativa. Para Nelto, é absurdo aumentar impostos, estabelecer teto de gastos e cortar direitos históricos dos servidores públicos ao mesmo tempo em que shows caríssimos são feitos com dinheiro público. Nelto diz que vai cobrar pedido de inspeção nos contratos de shows ao Tribunal de Contas do Estado e vai fazer representação ao Ministério Público.

Goiânia não é roteiro turístico, o réveillon aqui não gera arrecadação, e o Estado atravessa uma situação financeira caótica, com dificuldades para honrar compromissos básicos como folha de pagamento. Mesmo assim, Marconi Perillo continua torrando dinheiro público como bem entende.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias