Goiânia, sbado, 21 de outubro de 2017
05/08/17 934 visualizações

Até hoje, Goiânia espera pelos R$ 5,8 milhões de Marconi para o lixo



Reprodução: O Popular de abril de 2014

Em abril de 2014, a seis meses da eleição que o reelegeria pela quarta vez, o governador Marconi Perillo (PSDB) se reuniu com toda pompa com o prefeito de Goiânia Paulo Garcia (PT) para prometer dezenas caminhões de lixo. Pelo convênio, que chegou a ser assinado pelo tucano, haveria a destinação de R$ 5,8 milhões para a aquisição, em caráter emergencial, de caminhões compactadores.

Segundo os termos do convênio, o Governo de Goiás repassaria R$ 5,8 milhões diretamente para os cofres da prefeitura, que entraria com contrapartida de R$ 200 mil para a compra dos veículos. O dinheiro, no entanto, nunca foi repassado. Isso mesmo, leitor: nunca. Nem um único centavo. Três anos depois, ninguém mais espera esse dinheiro, muito menos o prefeito Iris Rezende (PMDB). Por isso, convém não acreditar na nova promessa de Marconi, de que vai investir R$ 35 milhões na conclusão da Leste-Oeste.

Marconi também já havia descumprido uma promessa com o então prefeito Pedro Wilson (PT) em 2003, quando prometeu R$ 5 milhões - recurso que também nunca foi depositado. Além disso, várias obras faraônicas nunca saíram sequer do papel: teleporto, metrô e VLT, para citar apenas três. Quanto ao aeroporto de Goiânia, a obra chegou a ficar parada por anos porque só havia contrapartida federal (a estadual nunca foi cumprida), a conclusão do Estádio Olímpico demorou dez anos e o Centro Cultural Oscar Niemeyer até hoje está bastante inacabado (tanto que foi fechado, de novo, para reformas).

O goianiense sabe que o descaso do governador Marconi para com Goiânia não é de hoje. Marconi nunca venceu uma eleição pra prefeito de Goiânia desde que se tornou governador em 1999. Além disso, nas últimas duas eleições para governador, sofreu duas derrotas acachapantes na capital.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias