Goiânia, sbado, 21 de outubro de 2017
06/08/17 2429 visualizações

Medo faz Marconi recusar presidência do PSDB nacional



Foto: Divulgação

No PSDB ninguém quer pegar a presidência nacional do partido, muito menos o governador de Goiás, Marconi Perillo. Oficialmente, Marconi alega que está ocupado no cargo de governador. Nos bastidores, no entanto, a versão que corre é que ele tem medo dos holofotes nacionais, já que é réu em quatro processos no STJ (um deles da Operação Monte Carlo), é alvo de quatro delatores da Odebrecht, espera a Operação Decantação ainda a ser concluída e teme o conteúdo de futuras delações, como a de Gim Argello.

Marconi até gostaria de ser presidente nacional, algo que Alckmin e Beto Richa, por exemplo, não gostariam de enfrentar. Tasso Jereissati também está ansioso para deixar o posto. José Serra não mostra interesse e Aécio Neves (atual presidente) está queimado demais.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias