Goiânia, sbado, 21 de outubro de 2017
12/09/17 2497 visualizações

Goianésia: convidado a ser repasto, secretário janta vereadores





O cerco estava montado, a expectativa da oposição ao prefeito de Goianésia, Renato de Castro (PMDB), era destruir o secretário municipal de Saúde, Hisham Hamida. Mas faltou preparo aos oposicionistas e sobrou competência do outro lado, em mais de 2 horas de sabatina na Câmara Municipal, na última terça-feira (5). (Assista abaixo)
 
Hisham respondeu com firmeza todas as arguições: a situação da UPA, postos de saúde, distribuição de medicamentos, contratação de médicos especialistas e cirurgiões, além de realização de campanhas educativas.
 
Alçado na condição de refeição, foram os anfitriões que foram jantados. Deselegantemente, o vereador Marcos Pernambuco (PDT) disse que já tava feio e convidou o secretário a pedir o boné.
 
De pronta, Hisham lembrou ao pedetista que está na gestão após convite, é um técnico e não aspone, e sugeriu, elegantemente, que Pernambuco indicasse alguém melhor. 
 
O clímax, no entanto, foi reservado a Jota Carlos (PP). Fora da casinha, o parlamentar criticou o fato do títular da Saúde usar as redes sociais para interagir com a população. Oi? É isso mesmo, leitor, o pepista acredita em imparcialidade das rádios pelegas do grupo Lage. 
 
Jota Carlos: o senhor disse que não fala, diz que a imprensa de Goianésia é parcial, por isso que o senhor não tem coragem de encarar de frente os repórteres e se deslocar até uma rádio?
 
Hisham Hamida: coragem não, eu falei que me coloco a disposição para ir falar ao vivo em qualquer momento. O que eu não faço é entrevista gravada, para ser editada do jeito que imprensa quer. Ao vivo, qualquer dia, qualquer hora, sobre qualquer assunto.
 
Jota Carlos, na réplíca: obrigado
 
A situacão virou meme e ganhou as ruas da cidade. Asssita abaixo:
 
 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias