Goiânia, sbado, 21 de outubro de 2017
12/10/17 274 visualizações

Mais uma: superlotação provoca tentativa de fuga em Luziânia





Por causa do desgoverno de Marconi Perillo e José Eliton, ambos do PSDB, a rotina dos goianos não muda em áreas abandonadas pela dupla, como a segurança clara. Nesta quarta-feira (12), a superlotação em unidades prisionais do Estado provocou mais uma fuga, desta vez em Luziânia, no Centro de Inserção Social, de onde sete detentos tentaram fugir.

Mais uma vez, a situação é parecida com fugas que se repetem em cidades como Rio verde, Itumbiara, Guapó, Anápolis e outras. A unidade, que tem capacidade para 133 presos, abriga mais de três vezes mais detentos (467). Durante o horário de visitas, eles aproveitaram um buraco na cela para fugir, o que teria sido evitado caso o efetivo de servidores fosse aumentado e a estrutura do presídio não fosse antiga.

Por sorte, um deles ficou preso, o que acabou chamando a atenção dos agentes, que impediram a fuga.

É chover no molhado falar da responsabilidade de Marconi e Eliton, que tiveram dois mandatos para melhorar a segurança, mas, na realidade, os dois conseguiram piorar o que já era bem ruim. O resultado da incompetência é a sensação de insegurança espalhada por todo o Estado, já que todas as cadeias apresentam superlotação e condições precárias para detentos e servidores.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias