Goiânia, tera, 22 de maio de 2018
12/03/18 905 visualizações

Homem infarta após abordagem da polícia, em Catalão





Helton Antônio Rita, de 42 anos, foi vítima de infarto durante uma abordagem de policiais do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) em Catalão, no Sudeste de Goiás, depois de ser abordado pela Polícia Militar (PM) em uma fiscalização de rotina.
 
Helton trabalhava numa mineradora de Catalão e era dançador de congo. Testemunhas contaram que o Helton tinha acabado de sair de uma mercearia no carro dele, com o filho de 18 anos. Quando os dois pararam pra fazer urinar em uma rua, chegou uma viatura da PM.
 
O homem confessou para os policiais que tinha bebido, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele acabou sendo preso e foi levado pelos militares. No entanto, ao invés de ir pra delegacia, os policiais deixaram o trabalhador na Upa de Catalão, onde ele morreu de parada cardíaca. 
 
A família diz que foi informada que o Helton teve um infarto, mas os parentes não sabem exatamente o que aconteceu dentro da viatura da Polícia. 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias