Goiânia, tera, 17 de julho de 2018
05/05/18 3212 visualizações

Caiado propõe mudanças após desmonte de carreira da PM





O senador Ronaldo Caiado (Democratas) afirmou nesta sexta-feira (4/5) que é necessária e urgente a equiparação salarial na polícia militar de Goiás. O parlamentar firmou compromisso, como pré-candidato ao governo, de reajustar a remuneração de R$ 1,5 mil recebida por policiais de terceira classe, categoria criada pelo atual governo do estado.

Acompanhado do também senador democrata Wilder Morais, pré-candidato ao Senado, Caiado esteve na sede da União dos Militares do Estado de Goiás, quando conversou com seu presidente, Cabo Sena, sobre a demanda de policiais e bombeiros militares. Na opinião de Caiado, essa terceira classe não deve existir: "Não vamos admitir essa divisão que só diminui a moral da tropa e não valoriza o trabalho de policiais e bombeiros", destacou.

"Conversamos a respeito das demandas dos bombeiros e policiais militares. O senador Caiado dá a palavra que vai fazer a força de segurança pública do nosso estado e isso inclui o filho mais velho que é a polícia militar, o bombeiro que vai ter um tratamento diferenciado. É a polícia que traz a paz, a segurança da população", disse o Cabo Sena, lembrando que esses policiais de 3ª classe são os que têm o menor salário do país.

"Todos sabem a dedicação, o empenho que tem a Polícia Militar do nosso estado de Goiás. Eu tenho orgulho enorme de representá-los no Senado Federal. Quero deixar claro aos diretores da Unimil, a todos os cabos e soldados, que se nós chegarmos ao governo do estado, não terá policial de terceira categoria no nosso governo", destacou. 

O democrata também garantiu que não irá sucatear a segurança pública, a exemplo do que fez os governadores Marconi Perillo e José Eliton. "A segurança pública será elemento primordial para que Goiás resgate credibilidade, investimento, oportunidade de gerar emprego e um combate eficiente a criminalidade que cresce cada dia mais. Somos pessoas de palavra dada e não vamos criar situações para deteriorar a autoestima, a dignidade daqueles que são responsáveis pela segurança pública do nosso estado. Eles terão nosso reconhecimento e serão remunerados sem fazer divisão de categorias. Será o fim dessa divisão de 3ª classe criada pelo governo atual", concluiu Caiado.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias