Goiânia, tera, 17 de julho de 2018
05/07/18 3259 visualizações

Ex-secretária, Raquel é investigada por não investir em educação



Divulgação

O ex-secretária de Educação de Goiás, Raquel Teixeira (PSDB) também é alvo de investigação do Ministério Público do Estado de Goiás (MP/GO) sobre o investimento mínimo em ensino no Estado, entre 2015 e 2017. 

Para atingir o percentual estabelecido pela lei, 25%, o Estado incluiu restos a pagar, gastos com merenda e até de servidores inativos, o que não é considerado como investimento para o desenvolvimento da educação.

Ao jornal O Popular, a promotora da 78ª Promotoria de Justiça de Goiânia (Patrimônio Público), Villis Marra, informou que ainda não foi possível notificar a ex-secretária sobre a investigação, pois ela estaria em viagem ao exterior. O ex-governador Marconi Perillo (PSDB) também não foi encontrado para prestar esclarecimentos. 

A oitiva de Raquel está prevista para o final do mês.

A tucana é cotada para a vice do governador José Eliton (PSDB) ou para a suplência do ex-governador Marconi Perillo (PSDB), que deve se candidatar ao Senado Federal.

'Reforço' e tanto contar com uma ex-parlamentar que teve a educação como bandeira de seus mandatos, mas que, na prática, não fez pelos goianos.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias