Goiânia, quarta, 15 de agosto de 2018
02/08/18 7280 visualizações

José Eliton perde mais dois partidos e pode desistir da reeleição





O governador José Eliton (PSDB) está desesperado com a confirmação da perda de mais dois partidos que integravam a base aliada. Nesta sexta-feira, 3, o PDT da deputada federal Flávia Morais será anunciado na coligação do senador Ronaldo Caiado (Democratas) e o PP de Alexandre Baldy e Roberto Balestra está fechado com o pré-candidato do MDB, Daniel Vilela.

O clima no Palácio Pedro Ludovico Teixeira é de desanimação total e até aliados já admitem que o atual chefe do Executivo pode desistir de disputar a reeleição. Cada vez mais isolado, José Eliton não sabe mais o que fazer para evitar que outros partidos abandonem o barco. Nem a intervenção do ex-governador Marconi Perillo (PSDB) conseguiu evitar o esfacelamento na base que o sustentou por 20 anos.

Desestabilizado, Eliton tem aparecido abatido em eventos, conversa pouco e está recluso no gabinete. Assessores mais próximos confidenciam a colegas da imprensa que o governador estaria tendo crises emocionais cada vez mais frequentes e a própria família o encoraja a desistir do pleito.

Desde que o PROS do deputado estadual Lincoln Tejota decidiu acompanhar Caiado e assumir a vice na chapa, o governo tem oferecido o céu e a Terra para manter partidos insatisfeitos com os rumos do grupo que domina Goiás desde 1999. No entanto, a debandada é inevitável e até o fim de semana das convenções, a tendência é que outros passem à oposição.

O PRB de João Campos e o PR de Magda Mofatto declararam apoio a Eliton, mas a Realpolitik pode levá-los a se aliar a Caiado, cuja perspectiva de vitória ainda no primeiro turno se torna cada vez mais real.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias