CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SÁBADO, 13 DE JULHO DE 2024
ULTIMA NOTÍCIA:
Alexandre de Moraes abussa da sorte e manda investigar Michele, esposa de Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Politica
  Politica
 
PSDB decide disputar governo de MG para Aécio tentar a reeleição
Data Publicação:25/02/2018
Reunida na noite desta terça-feira (20) em Brasília, a bancada de deputados federais do PSDB de Minas Gerais decidiu lançar candidato próprio ao governo do Estado com o objetivo de assegurar palanque para que o senador Aécio Neves tente a reeleição em outubro.

Segundo colocado na disputa à Presidência da República em 2014, o senador tucano sofreu um forte revés ao ser gravado pelo empresário Joesley Batista pedindo R$ 2 milhões.

Em junho de 2017, a Procuradoria-Geral da República denunciou o senador por corrupção e obstrução da Justiça. Turma do Supremo Tribunal Federal chegou a afastá-lo do mandato e determinar o seu recolhimento domiciliar noturno.

Em votação apertada (44 a 26), porém, o Senado derrubou essas medidas cautelares em outubro.

A decisão de lançar candidatura própria em Minas se deu após fracassar a tentativa de o PSDB fechar uma aliança com o DEM, que deve lançar o deputado federal Rodrigo Pacheco ao governo do Estado. A expectativa dos tucanos era que essa chapa abrigasse a candidatura de Aécio.

O nome do candidato tucano ao governo ainda não foi definido, mas pode ser também um deputado, Domingos Savio ou Marcus Pestana. Esse último afirmou que a situação de Aécio não foi discutida na reunião.

"Até 7 de abril muita coisa pode acontecer em termo de desincompatibilização de atores importantes e trocas de partidos. O jogo só está começando, mas os deputados federais tucanos resolveram se unir para ter voz ativa nas negociações. Consideram que precisam assegurar palanque forte para Geraldo Alckmin [presidenciável do partido] em Minas", disse o deputado.

Como senador, Aécio tem foro privilegiado e investigações relativas a ele tramitam no Supremo Tribunal Federal. Caso não consiga a reeleição, ele passa a ser alvo da primeira instância.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Alexandre de Moraes abussa da sorte e manda investigar Michele, esposa de Bolsonaro
- Bolsonaro despontado em pesquisa realizada pelo Instituto Parana Pesquisas
- Lula, sabatina da Globo sobre corrupção faz ex-presidente apresentar fuga de respostas.
- Um Brasil forte:Pazuello é nomeado para secretaria ligada ao gabinete presidencial
- Renan Calheiros e Lider em processos não resolvidos no Senado
- Enel Distribuição Goiás promove grandes mutirões de manutenções na rede elétrica
- Lula com Covid ! O mesmo faz quarentena em Cuba
- Delegado Eduardo Prado o deputado sem expressão alega falta de compromisso de partido
- Confirmado: Adiamento das eleições para 15 e 29 de novembro é aprovado no Senado
- O Deputado Federal Jose Nelto, se posta contra adiamento das eleições
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.