CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SÁBADO, 13 DE JULHO DE 2024
ULTIMA NOTÍCIA:
Alexandre de Moraes abussa da sorte e manda investigar Michele, esposa de Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Politica
  Politica
 
STJ marca julgamento de habeas corpus de Lula para próxima quinta
Data Publicação:27/02/2018
A quinta turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) marcou para esta quinta-feira (1º) o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em janeiro, Lula foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva em segunda instância, pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região). Em seguida, a defesa do ex-presidente entrou no tribunal com pedido de habeas corpus preventivo para afastar a possibilidade de antecipação de cumprimento da pena de 12 anos e um mês de prisão em regime fechado.

O ministro Humberto Martins, vice-presidente do STJ, estava de plantão e negou o habeas corpus.

Lula recorreu e, com o fim do recesso, o caso foi encaminhado para o relator da Lava Jato no STJ, ministro Felix Fischer. Agora, o habeas corpus será analisado pelo colegiado. Depois da condenação pelo TRF-4, o PT lançou Lula para presidente na eleição deste ano.

No entanto, pela Lei da Ficha Limpa, o petista fica inelegível e não pode concorrer.

De acordo com a defesa, a democracia brasileira sofrerá "prejuízo irreversível" se Lula ficar fora da corrida eleitoral. SUPREMO

A decisão do STJ em julgar o habeas corpus pode acelerar a análise do pedido do ex-presidente que tramita no STF (Supremo Tribunal Federal).

Relator da Lava Jato na corte, o ministro Edson Fachin negou o pedido em caráter liminar para evitar a prisão e remeteu o mérito ao pleno, composto pelos 11 ministros.

A defesa de Lula havia pedido para que a ação fosse julgada pela segunda turma do STF, composta por Fachin e outros quatro colegas: Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Celso de Mello. Os quatro entendem que o réu deve recorrer em liberdade.

Caberá à presidente Cármen Lúcia marcar a data do julgamento. Não há data prevista.

De acordo com a assessoria de imprensa da presidente do STF, não há definição sobre exame do assunto.

Quando Lula foi condenado em segunda instância na Lava Jato, Cármen Lúcia disse a interlocutores que pautaria outras ações relatadas que tratam sobre execução provisória da pena e, assim, unificar a jurisprudência do tribunal a respeito do tema.

Depois, ela recuou e disse que o tribunal vai se "apequenar" se aproveitar a condenação do ex-presidente para rediscutir a prisão de condenados em segunda instância.

A discussão pode provocar uma mudança na jurisprudência do STF sobre prisão após condenação em segunda instância.


Fonte:Yahoo.com



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Alexandre de Moraes abussa da sorte e manda investigar Michele, esposa de Bolsonaro
- Bolsonaro despontado em pesquisa realizada pelo Instituto Parana Pesquisas
- Lula, sabatina da Globo sobre corrupção faz ex-presidente apresentar fuga de respostas.
- Um Brasil forte:Pazuello é nomeado para secretaria ligada ao gabinete presidencial
- Renan Calheiros e Lider em processos não resolvidos no Senado
- Enel Distribuição Goiás promove grandes mutirões de manutenções na rede elétrica
- Lula com Covid ! O mesmo faz quarentena em Cuba
- Delegado Eduardo Prado o deputado sem expressão alega falta de compromisso de partido
- Confirmado: Adiamento das eleições para 15 e 29 de novembro é aprovado no Senado
- O Deputado Federal Jose Nelto, se posta contra adiamento das eleições
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.