CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2020
ULTIMA NOTÍCIA:
Glaustin defende ao governo federal renovação e fortalecimento do Fundeb
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Educação
  Educação
 
Estudantes brasileiros tentam prêmios na Olimpíada de Matemática do Cone Sul
Data Publicação:02/06/2013

Quatro estudantes brasileiros embarcam para o Paraguai neste domingo (2) para competir com jovens de sete países na 24ª Olimpíada de Matemática do Cone Sul. Nos dias 4 e 5, eles vão resolver problemas de matemática envolvendo disciplinas como álgebra, teoria dos números e geometria, em busca de medalhas. A delegação brasileira tem também dois professores.

Os estudantes que vão representar o Brasil em Assunção, capital paraguaia, foram premiados na 34ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) em 2012 e passaram por processo de seleção com provas para chegar à competição internacional. Um dos selecionados é Murilo Corato Zanarella, de 15 anos, que cursa o 2ª ano no Colégio Etapa, de São Paulo. Ele conta que, por já gostar de matemática, veio o interesse em participar da OBM, mas avalia que as competições têm um grande diferencial em relação à disciplina na escola, pois estimulam mais os participantes a pensar.

“Gosto de matemática na escola, mas, nas competições, acaba sendo diferente, não é igual ao conteúdo que a gente vê na escola. O pensamento tem que ser diferente. Na escola, tem que usar aquelas fórmulas, não tem que pensar muito para fazer e, nas olimpíadas, muitas vezes você olha para o problema e não tem nem ideia de como começar [a resolver]”, disse Murilo Corato.

O jovem Victor Oliveira Reis, de 16 anos, estudante do Colégio Marista São Luís, no Recife, não tinha tanto interesse pela matemática até resolver se inscrever na OBM. Ele começou a estudar por conta própria com livros e na internet. Com uma medalha conquistada no ano passado, veio a seleção para a 24ª Olimpíada de Matemática do Cone Sul. Segundo ele, com o preparo para a participação na OBM, seu rendimento melhorou também em outras disciplinas. “Melhorou desempenho nas escola não só na área de exatas, mas de modo geral, porque melhora o raciocínio lógico”, explicou.

Os dois estudantes estão confiantes, acreditam que a equipe brasileira terá um bom desempenho nessa edição da olimpíada. “O grupo do ano passado estava bem forte, mas o deste ano está mais forte ainda”, disse Murilo Corato.

Além do Brasil, participam da Olimpíada de Matemática do Cone Sul estudantes da Argentina, Bolívia, do Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai. Como premiação, serão entregues medalhas de ouro, prata, bronze e menções honrosas, distribuídas segundo percentuais mínimos de acerto.

A participação do Brasil na competição é organizada pela Olimpíada Brasileira de Matemática e conta com apoio de organizações como o Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (Impa) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).




Fonte:ag Brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Glaustin defende ao governo federal renovação e fortalecimento do Fundeb
- Saiba mais sobre a oficina Educar para a Cibercultura, que acontece no Centro
- Entenda o corte de verba das universidades federais e saiba como são os orçamentos das 10 maiores
- Seu filho não come? Coach de mães ensina como fazer isso em palestra online e gratuita
- Curso de Homeopatia tem início dia 23/03 no RJ
- Enem 2017 começa neste domingo para 6,7 milhões de participantes
- Enem 2017, inscrições começam nesta segunda-feira
- Estudar para o ENEM ficou mais fácil do que nunca!
- Inep divulga cartilha com dicas para ajudar estudantes na redação do Enem
- Doses homeopáticas para eliminar a ansiedade
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.