CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2020
ULTIMA NOTÍCIA:
Glaustin defende ao governo federal renovação e fortalecimento do Fundeb
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Educação
  Educação
 
MEC vai liberar R$ 100 milhões para - escolas sustentáveis
Data Publicação:05/06/2013

Para estimular iniciativas voltadas à sustentabilidade em escolas de municípios em situação de vulnerabilidade ambiental, o Ministério da Educação (MEC) vai destinar R$ 100 milhões para o Programa Dinheiro Direto na Escola - Escola Sustentável. A iniciativa foi anunciada nesta quarta-feira, Dia Mundial do Meio Ambiente, pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

O ministério pré-selecionou 10 mil instituições de ensino de 310 municípios em vulnerabilidade ambiental. As escolas devem formalizar a adesão ao programa até o dia 30 de junho. Mercadante destacou a importância de despertar os jovens para o cuidado com o meio ambiente. "Nossa prioridade é trabalhar na prevenção", disse o ministro, ao participar da abertura de webconferência em comemoração ao Dia do Meio Ambiente.

Os recursos do programa serão aplicados na inclusão da temática socioambiental no projeto político-pedagógico da escola e para o apoio à criação e o fortalecimento de comissões de meio ambiente e qualidade de vida. Deve ser usado também para adequar o espaço físico da escola de forma a obter eficiência energética.

O secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, Carlos Nobre, disse que a educação ambiental é a melhor forma de ampliar a prevenção de desastres naturais. Ele citou que pesquisas mostram que, quanto maior a escolaridade, mais as pessoas têm consciência dos riscos e estão atentas às medidas de prevenção a desastres naturais. "Vamos construir um Brasil muito menos vulnerável a desastres naturais", disse Carlos Nobre.




Fonte:ag Brasil



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Glaustin defende ao governo federal renovação e fortalecimento do Fundeb
- Saiba mais sobre a oficina Educar para a Cibercultura, que acontece no Centro
- Entenda o corte de verba das universidades federais e saiba como são os orçamentos das 10 maiores
- Seu filho não come? Coach de mães ensina como fazer isso em palestra online e gratuita
- Curso de Homeopatia tem início dia 23/03 no RJ
- Enem 2017 começa neste domingo para 6,7 milhões de participantes
- Enem 2017, inscrições começam nesta segunda-feira
- Estudar para o ENEM ficou mais fácil do que nunca!
- Inep divulga cartilha com dicas para ajudar estudantes na redação do Enem
- Doses homeopáticas para eliminar a ansiedade
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.