CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2024
ULTIMA NOTÍCIA:
Alexandre de Moraes abussa da sorte e manda investigar Michele, esposa de Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Gente
  Gente
 
Joãosinho Trinta é enterrado na manhã desta segunda-feira, no Maranhão
Data Publicação:19/12/2011

João Clemente Jorge Trinta, o Joãosinho Trinta, viveu grande parte da vida envolvido com desfiles de escolas de samba. E não foi por menos, que na sua partida, ele fosse homenageado com um grande desfile, regado a muito samba, paixão do carnavalesco maranhense.

No fim da manhã desta segunda (19), um cortejo em carro de Bombeiros partiu às 10h da manhã do Museu até o Cemitério do Gavião, no Maranhão, acompanhado pelo bloco Fuzileiros da Fuzarca e pela bateria da Turma do Quinto. O cortejo também passou pela Rua do Passeio, seguido por uma multidão de admiradores, autoridades e artistas locais.

Neguinho da Beija-Flor, puxador da escola de samba carioca, afirmou dever tudo de sua trajetória artística a Joãosinho Trinta. "Ele foi meu criador. O carnaval perde, com certeza, o seu maior representante", declarou Neguinho, emocionado.

José Pereira Godão, diretor do Boizinho Barrica, trabalhou com Joãosinho Trinta nos últimos meses, quando fizeram parte da equipe idealizadora das comemorações dos 400 anos de São Luís. Mesmo com pouco tempo de convivência, Godão destacou o exemplo de trabalho e determinação de quem já havia passado por dois derrames e perdido os movimentos de metade do corpo. "Ele tinha muita alegria e passou isso para o povo. Ele é um imortal, vai somente para outro plano", declarou Godão.

Outro companheiro de Trinta na equipe dos 400 anos, o diretor do Teatro Artur Azevedo, Roberto Brandão, destacou a lacuna deixada pela morte do carnavalesco. "Mas a influência dele é muito grande, isso está aí para as futuras gerações, um verdadeiro legado de quem foi o transformador do carnaval brasileiro".

Por volta das 11h, o corpo de Joãosinho Trinta chegou ao Cemitério do Gavião, no bairro da Madre Deus, onde centenas de pessoas já aguardavam. Na capela do Gavião, o padre Haroldo Passos Cordeiro regeu a despedida. "Nós não perdemos Joãosinho Trinta, porque sua obra vive. A cultura maranhense não se perdeu", afirmou o padre.




Fonte:O Imparcial



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Ator carioca brilha na área da Educação
- Filha do Tiririca faz harmonização facial
- Preview Expo Entre Iguais acontece no Barco Cisne Branc
- Rancking dos mais ricos tem novo milionário
- ADVOGADA RECEBE MEDALHA SÉRGIO VIEIRA DE MELLO NO CONGRESSO NACIONAL
- Premiação na Câmara Municipal do Rio de Janeiro
- Ex-marido de Brunet vira réu por agressão a modelo
- Morre o cantor e superstar Prince, aos 57 anos
- Emerson Fittipaldi está em situação de falência, revela Rede Record
- Polícia já tem pistas sobre o neto de Chico Anysio, sumido há 5 dias
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.