CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2024
ULTIMA NOTÍCIA:
Alexandre de Moraes abussa da sorte e manda investigar Michele, esposa de Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Esportes
  Esportes
 
Messi é primeiro a ser melhor jogador do mundo pela 4ª vez
Data Publicação:08/01/2013

Lionel Messi conseguiu. Jamais um jogador foi considerado por quatro vezes o melhor do mundo. O argentino não só o fez, como conseguiu tal feito de forma consecutiva. Nesta segunda-feira, em Zurique, o craque do Barcelona foi escolhido pela Fifa como vencedor da Bola de Ouro, completando assim seu "tetracampeonato". Em 2009, 2010, 2011 e 2012, ninguém jogou mais que o atacante, que ainda tem apenas 25 anos. Atrás de Messi ficou novamente Cristiano Ronaldo, português melhor do mundo em 2008 e perdeu para o arquirrival argentino no pódio pela terceira vez. Compõe a trinca dos principais jogadores do planeta o espanhol Andrés Iniesta, parceiro de Messi no Barcelona e que conquistou a Eurocopa de 2012 com a Espanha.

Com seu quarto prêmio, o astro deixa para trás Ronaldo e Zinedine Zidane como vencedor do prêmio da Fifa por três vezes. Considerando quem conquistou a Bola de Ouro quando era organizada somente pela revista France Football, Messi deixou para trás também Johan Cruijff, Michel Platini e Marco Van Basten. O ano do argentino não foi repleto de títulos, tendo como auge uma Copa do Rei, mas contou com muitos gols e quebra de recordes. Messi estufou as redes 91 vezes em 2012, quantia inédita, superando marcas dos gigantes Pelé e Gerd Müller. E ainda houve tempo para mais marcas destruídas.

Em 2012, Messi se tornou o maior artilheiro de uma edição do Campeonato Espanhol e anotou 50 gols. Superou também Cesar Rodríguez e virou o artilheiro do Barcelona em todos os tempos por jogos oficiais. Alcançou 25 gols em jogos internacionais, recorde em todos os tempos. Pela seleção argentina, igualou Gabriel Batistuta com 12 gols no ano. Foi artilheiro da Liga dos Campeões pela quarta vez, recorde dele e de Müller. Ele ainda fez 14 gols na mesma edição do torneio europeu, recorde que divide com Altafini Mazzola.

Messi é quatro vezes o melhor jogador do mundo e já tem um gol em 2013 após a primeira partida pelo Barcelona. Tendo como meta conquistar sua quarta Liga dos Campeões e seguir comandando a Argentina na disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, o atacante deixa Zurique com seu quarto título, mas com a possibilidade vasta de retornar no próximo ano para subir ao palco e receber o troféu pela quinta vez. Tudo é possível quando se trata de Messi. 




Fonte:terra



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Prazo de Blackstar vence no Palmeiras, empresa dá ultimato ao clube e dispara na Crefisa
- Diretor do Corinthians analisa dívida da Arena: Na pior das hipóteses, R$ 650 milhões
- Tite não gostaria de encontro com Bolsonaro
- Adoração e crítica a Bolsonaro convivem em frente ao estádio do Palmeiras
- Flamengo sofre virada do Atlético-PR e termina o ano sob vaias da torcida
- Conmebol multa River Plate e confirma final da Libertadores para Madri
- Felipão recebeu oferta de cinco anos para treinar Colômbia
- Dirigente do Sport chama Jardine de estagiário: “Nem sei o nome”
- Palmeiras vence Vasco e conquista décimo título nacional
- Nudez de Ezequiel Garay e mulher em foto bomba nas redes sociais
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.