CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SÁBADO, 13 DE JULHO DE 2024
ULTIMA NOTÍCIA:
Alexandre de Moraes abussa da sorte e manda investigar Michele, esposa de Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Esportes
  Esportes
 
Neymar e Daniel Alves são vítimas de racismo
Data Publicação:30/03/2014

Torcedores do clube catalão Espanyol imitaram macacos e jogaram uma casca de banana no campo na tentativa de ofender os jogadores brasileiros Neymar e Daniel Alves, que jogaram pelo Barcelona na rodada de ontem do Campeonato Espanhol. A partida, vencida pelo Barça, ocorreu hoje no estádio Cornellà-El Prat, do Espanyol. Com gol de Lionel Messi, o Barcelona venceu por 1 a 0 e continua na briga pelo título nacional. Terminou a rodada na segunda posição, com 75 pontos.

Um atrás do líder Atlético de Madrid, que derrotou o Athletic Bilbao por 2 a 1.  A torcida do Espanyol protestou contra Neymar, acusando o brasileiro de tocar a bola com a mão no lance que deu origem ao gol de Messi. Ao ser substituído por Alexis Sánchez, nos minutos finais, o atacante foi impiedosamente vaiado pela torcida local. É a terceira vez em que Neymar sofre esse tipo de ataque em partida internacional. Em 2011, quando jogou pela Seleção contra a Escócia, um adolescente alemão causou polêmica ao também lançar uma banana no campo. Em 2012, pelo Santos, ao enfrentar contra o Bolívar, em La Paz, torcedores bolivianos fizeram o mesmo que os do Espanyol.

Daniel Alves também já foi alvo de ofensas racistas na Espanha, ao jogar contra o Real Madrid. Ao responder perguntas sobre o assunto, em 2013, disse ser algo comum. "Infelizmente é uma guerra perdida até que se tomem medidas mais drásticas", afirmou.
Caso a direção do Espanyol seja considerada culpada pela ofensa feita por sua torcida, o time pode ser punido com multa ou perda de mandos de jogo. Após a partida, torcedores do Espanyol participaram de confrontos no entorno do estádio, disparando pedras contra os policiais.




Fonte:folhapress



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Prazo de Blackstar vence no Palmeiras, empresa dá ultimato ao clube e dispara na Crefisa
- Diretor do Corinthians analisa dívida da Arena: Na pior das hipóteses, R$ 650 milhões
- Tite não gostaria de encontro com Bolsonaro
- Adoração e crítica a Bolsonaro convivem em frente ao estádio do Palmeiras
- Flamengo sofre virada do Atlético-PR e termina o ano sob vaias da torcida
- Conmebol multa River Plate e confirma final da Libertadores para Madri
- Felipão recebeu oferta de cinco anos para treinar Colômbia
- Dirigente do Sport chama Jardine de estagiário: “Nem sei o nome”
- Palmeiras vence Vasco e conquista décimo título nacional
- Nudez de Ezequiel Garay e mulher em foto bomba nas redes sociais
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.