CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2024
ULTIMA NOTÍCIA:
Alexandre de Moraes abussa da sorte e manda investigar Michele, esposa de Bolsonaro
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Esportes
  Esportes
 
Felipão assina contrato com time chinês
Data Publicação:04/06/2015

O mercado nacional não sorriu para Luiz Felipe Scolari desde que ele deixou o comando do Grêmio, há três semanas. Por isso o destino do técnico o levou ao outro lado do mundo, para o Guangzhou Evergrande. Ele assinou contrato com o multicampeão chinês nesta quinta-feira, em escritório na cidade de São Paulo.

O tempo de contrato não foi divulgado, mas é certo que toda a comissão técnica acompanha Felipão no desafio na China. É a quinta experiência estrangeira do treinador, que já trabalhou no Japão, Portugal e Uzbequistão.

Também acertaram seus contratos com o Evergrande os auxiliares Ivo Wortmann e Flávio Murtosa, o preparador físico Darlan Schneider, que é sobrinho de Felipão, e o preparador de goleiros Carlos Pracidelli.

Felipão há muito não convence nos trabalhos que faz. À frente da Seleção Brasileira, acabou apontado como um dos principais culpados pelo vexame na Copa do Mundo de 2014. Depois assumiu o Grêmio e não conseguiu mais do que o sétimo lugar do Campeonato Brasileiro do mesmo ano. Nesta temporada acabou demitido pela inconsistência gremista entre o vice do Gauchão e o início do Nacional.

Na China, porém, o treinador deve encontrar contexto a seu favor. O Evergrande sustenta hegemonia ao vencer os quatro últimos Campeonatos Chineses. Neste período a equipe foi comandada pelo italiano Marcelo Lippi, campeão mundial com a Itália em 2006, e FabioCannavaro, que foi o capitão da seleção naquela Copa do Mundo.

Felipão terá quatro brasileiros sob seu comando no Evergrande: os meio-campistas Renê Júnior e Elkeson, e os atacantes Alan e Ricardo Goulart. A equipe lidera o equilibrado Campeonato Chinês mesmo tendo seis tropeços em 13 rodadas – está à frente do Shandong Luneng nos critérios de desempate.




Fonte:gazeta esportiva



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Prazo de Blackstar vence no Palmeiras, empresa dá ultimato ao clube e dispara na Crefisa
- Diretor do Corinthians analisa dívida da Arena: Na pior das hipóteses, R$ 650 milhões
- Tite não gostaria de encontro com Bolsonaro
- Adoração e crítica a Bolsonaro convivem em frente ao estádio do Palmeiras
- Flamengo sofre virada do Atlético-PR e termina o ano sob vaias da torcida
- Conmebol multa River Plate e confirma final da Libertadores para Madri
- Felipão recebeu oferta de cinco anos para treinar Colômbia
- Dirigente do Sport chama Jardine de estagiário: “Nem sei o nome”
- Palmeiras vence Vasco e conquista décimo título nacional
- Nudez de Ezequiel Garay e mulher em foto bomba nas redes sociais
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.