CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2021
ULTIMA NOTÍCIA:
TSE torna privado processo que discute provas de invasão Hacker ao seus servidores !
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Saúde
  Saúde
 
Homens com - barrigas de cerveja - têm ossos mais fracos
Data Publicação:01/12/2012

Um estudo da escola de medicina de Harvard descobriu que os homens com barrigas de cerveja têm maior chance de desenvolver osteoporose, uma doença normalmente associada a mulheres mais velhas.

A condição torna os ossos mais propensos a quebrarem, já que eles perdem a densidade. Mais de um terço das mulheres têm uma ou mais fraturas nos ossos por conta da osteoporose durante a vida, enquanto, entre os homens, a proporção é de um em cada cinco. "A maioria dos estudos sobre osteoporose fica centrado nas mulheres", disse a líder do estudo Miriam Bredella. Mas, para aprofundar o assunto, a médica e uma equipe de pesquisadores avaliaram 35 homens, com idade média de 34 anos e um índice de massa corporal de 36,5.
Os homens foram divididos em dois grupos: um com gordura subcutânea, que fica logo abaixo da pele e está espalhada por todo o corpo; e outro com a gordura visceral ou intra-abdominal.

A gordura visceral é muito mais ameaçadora porque fica entre os órgãos internos e está fortemente ligada a doenças cardíacas. "O que nos surpreendeu mais foi que os homens com gordura visceral apresentaram ossos significativamente mais fracos do que o outro grupo", disse a médica.

Para o estudo, ela colocou os analisou os homens através de uma tomografia computadorizada do abdômen e da coxa para medir a gordura e massa muscular. Depois, ela avaliou a força do osso para prever o risco de fratura através de uma engenharia mecânica que determinou a resistência.

O que ela descobriu foi que os ossos do grupo com mais gordura visceral apareceu quase duas vezes mais fraco do que aquele com gordura subcutânea. Os resultados também mostraram que a massa muscular foi positivamente associada com a força dos ossos.

Com isso, ela concluiu duas razões principais de que a gordura da barriga pode levar à osteoporose. Uma delas é que todas as pessoas com gordura visceral segregam menos. A segunda razão é que a gordura visceral segrega certas moléculas que causam a inflamação, o que por sua vez, enfraquece os ossos.




Fonte:terra



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Ivermecitina e sim eficaz como tratamento precoce
- A desvalorização do profissional de enfermagem 
- Resistente, DST se alastra e alarma médicos por resistência
- O cozimento no vapor traz muitos benefícios
- Governo retira 800 mil litros de azeite de oliva do mercado e autua 84 empresas
- Ministério da Saúde anuncia ampliação de vacinas
- Instituto Hahnemann abre inscrições para homeopatia
- Pesquisa diz que tomar aspirina a cada três dias reduz risco de infarto.
- Estudo mostra que pílula do câncer tem efeito reduzido
- Palestra gratuita revela os benefícios da Yoga
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.