CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
SEXTA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2022
ULTIMA NOTÍCIA:
TSE torna privado processo que discute provas de invasão Hacker ao seus servidores !
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Saúde
  Saúde
 
Chocolate sem culpa: cientistas criam versão sem gordura
Data Publicação:23/12/2013

Para os chocólatras de plantão que pretendem comer chocolate e manter a boa forma, uma nova invenção pode ser uma boa saída. A opção, mais leve, é produzida com bolhas microscópicas de uma geléia feita a partir de algas marinhas, que também são ricas em fibras e, de quebra, ajudam a diminuir o apetite. Com informações do site do jornal britânico Daily Mail.

Tentativas anteriores em reduzir a gordura existente no chocolate – geralmente, em torno de 30% - falharam no quesito sabor e textura. Stefan Bon, da Warwick University, aposta no agar-agar, que já é utilizado pela indústria cosmética.

Aquecido em alta temperatura, ele se solidifica na mesma temperatura que o chocolate. As bolhas são tão pequenas que é impossível sentir a diferença quanto à gordura. Como a ágar-ágar tem 80% de fibras, isso significa que a novidade saciaria muito mais do que um chocolate tradicional.

Jianshe Chen, da Leeds University, disse à revista New Scientist que a indústria alimentícia está muito interessada em encontrar um substituto para a gordura.

Bon tentou também adicionar vodca à mistura, mas disse que o resultado não foi muito agradável. No entanto, ele está animado para fazer novas combinações, usando ingredientes como Baileys e amareto.

Os críticos duvidam da novidade, como Angus Kennedy, da revista de negócios Kennedy’s Confection. "As pessoas não comem chocolate para serem saudáveis”, observou. 




Fonte:terra



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Ivermecitina e sim eficaz como tratamento precoce
- A desvalorização do profissional de enfermagem 
- Resistente, DST se alastra e alarma médicos por resistência
- O cozimento no vapor traz muitos benefícios
- Governo retira 800 mil litros de azeite de oliva do mercado e autua 84 empresas
- Ministério da Saúde anuncia ampliação de vacinas
- Instituto Hahnemann abre inscrições para homeopatia
- Pesquisa diz que tomar aspirina a cada três dias reduz risco de infarto.
- Estudo mostra que pílula do câncer tem efeito reduzido
- Palestra gratuita revela os benefícios da Yoga
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Goias Real - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2020.